Tendências 2013: Voto e The Hunt oferecem nova experiência de compra

As tendências 2013 na área do Brand Retail indicam o mobile no ponto de venda como uma referência e existem duas aplicações que estão a revolucionar a experiência de compra. The Hunt e Voto utilizam as comunidades online para oferecer aos consumidores artigos de desejo e às marcas e espaços comerciais informaçãoes vitais para planearem estratégias de negócio.

Num mundo predominantemente digital, os consumidores estão sempre conectados à internet através dos smartphones e outros aparelhos similares utilizando várias fontes de informação que confluem no sentido de optimizarem a sua experiência de compra. Os retalhistas correspondem a estas expectativas colocando a tecnologia em seu favor através de diferentes aplicações que permitem um relacionamento imediato. O uso de QR Code permite colmatar o gap que existe entre o espaço físico e online ao mesmo tempo que oferece informações interessantes a ambas as partes. A Realidade Aumentada permite a imersão do consumidor numa total experiência aumentando o mundo real para uma dimensão 3D onde os objectos ganham profundidade e dimensão. O Foursquare é uma aplicação que serve de guia cultural e gastronómico ao mesmo que se transforma num jogo: cada lugar tem pontos e existem rankings para classificar os consumidores mais activos. O Facebook e Pinterest são excelentes fonte de conexão com os consumidores através da ligação emocional (sobretudo no uso de imagens), disponibilização de informações, interacção com perguntas/questionários mas que servem também às marcas como ponto de recolha de dados sobre os seus usuários para aplicarem em estratégias de marketing e planos de negócio.

Adicional a um rol já vasto de ferramentas tecnológicas foram disponibilizadas, muito recentemente, duas novas aplicações que operam em comunidade. The Hunt e Voto, duas novas aplicações, foram colocadas no mercado com sucesso imediato. Tão imediato que, antes mesmo de terem sido lançados oficialmente, já haviam gerado ganhos. Esta é a prova do impacto que as novas tecnologias podem ter para os retalhistas.

The Hunt

Facilmente nos apaixonamos por objectos que encontramos, por exemplo, no Pinterest, Instagram, Twitter ou Tumblr. A vontade de os querer adquirir é suplantada pela fraca probabilidade de os conseguirmos encontrar para efectivar a compra dado que, mais de 90% das imagens, não contém links ou informações. A mais recente aplicação, The Hunt, é a resposta ao problema em formato jogo social. The Hunt é uma comunidade online que encontra os items pelos quais se apaixona mas não sabe onde encontrar. No momento, em que o membro posta uma imagem é um desafio aos “caçadores” e começa a adrenalina da caça, a emoção da perseguição, por entre milhares de pequenas lojas na senda por um objecto igual ou semelhante ao querido. Os membros da comunidade localizam o artigo e partilham as informações mas também podem seguir, gostar ou recomendar produtos complementares.

Tim Weingarten, co-fundador e CEO da plataforma refere que “desenhámos o The Hunt para ser complementar à partilha de imagens, curadoria de fotos e wishlists de sites que, cada vez mais, são as formas que as pessoas utilizam como inspiração para fazerem compras […] The Hunt é […] um Q&A visual que permite aos usuários apresentarem um dilema de moda que será solucionado pela comunidade.”

Apesar de ainda estar na fase inicial de vida, esta é já uma poderosa ferramenta que abre possibilidades muito interessantes às duas partes interessadas – consumidores e marcas/espaços comerciais. Segundo a TechCrunch, nos seis meses anteriores ao lançamento oficial do site, anterior mesmo à campanha de marketing, já existiam 65,000 membros activos que gastavam uma média de 24 minutos por dia no site. Nesse tempo encontraram 115,000 produtos em mais de 10,000 lojas de artigos únicos. Em Dezembro 2012, visitas únicas ultrapassaram as 615,000 e os membros geraram mais de 250,000 referências em sites de eCommerce com racios de compra 5 a 10 vezes maiores do que outras fontes disponíveis na web. A média de gasto por objecto é de $75 (56,27€) o que permite a uma faixa etária com pouco poder de compra mas grande apetência para shopping e novas tecnologias poderem adquirir o produto.

Voto

É uma escolha dificil de se fazer quando se entra numa loja e existem variados artigos de desejo pessoal. “Qual levar?” é a questão que mais se impõe e que mais martiriza o consumidor, principalmente, quando se encontra sozinho. Para resolver este dilema existe o Voto. Esta aplicação permite que, em tempo real, o consumidor obtenha feedback sobre os artigos em dúvida ao mesmo tempo que as marcas e lojas conseguem perceber quais os itens mais populares para os seus clientes. Como funciona: o usuário tira uma foto com a câmara do iPhone, faz o upload através da aplicação e cria um set de imagens que será postada como um feed similar aos dos apps sociais. A partir desse momento, qualquer pessoa que use a aplicação Voto, e obrigatoriamente fazendo o login pelo perfil pessoal do Facebook, pode votar no seu item favorito. O que obtiver maior percentagem de votos será marcado com uma estrela.

Shaun Neff, dono da marca Neff fez a experiência e usou o Voto. Postou quatro imagens de um gorro em azul, preto, rosa e cinza junto à pergunta “Qual a vossa cor favorita do gorro NEFF?”. Os consumidores começaram, desde logo, a votar. Actualmenteo cinza tem o favoritismo (47%).

Scott Paul, CEO da Voto diz “Criámos o Voto para ser uma forma fácil e divertida de fazer perguntar a uma rede social utilizando imagens […] A nossa visão para a Voto é a de ganhar valor analítico de marketing social utilizando imagens, que vão forneceder marcas e lojas com informações em tempo real para tomarem futuras decisões de negócios.”

Esta aplicação é uma excelente ferramenta relacional permitindo uma maior e mais rápida interacção entre consumidores ou consumidores e marcas/lojas. Se por um lado os consumidores conseguem obter satisfação ao encontrarem o artigo de desejo que será do agrado de milhares, por outro, a área empresarial consegue obter dados válidos e actuais sobre os gostos dos seus clientes que serão integrados em planos de negócio e estratégias de marketing.

A aplicação é gratuita e já se encontra disponível para iPhone, iPad e iPod. A empresa está também a desenvolver duas versões direccionadas para negócios. O Voto Kiosk vai permitir que marcas e lojas disponibilizem apenas artigos seus enquanto o Voto Booth permite que tirem fotografias de si mesmos nos espaços comerciais que dissiminam pela sua rede.

As duas inovações tecnológias aplicadas ao ponto de venda funcionam em comunidade e caracterizam-se pela sua motivação relacional entre consumidores e marca/loja. Os benefícios para ambas as partes são notórios: os consumidores conseguem adquirir os seus produtos e fazem as suas escolhas integrarem as decisões das grandes empresas e marcas. De forma global, ganham poder. Na questão empresarial existe uma maior proximidade com os consumidores e com o que acontece no mercado podendo, facilmente, adaptar planos de negócio, estratégias de marketing e, em última instância, colecções para favorecerem as vendas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: